Pages

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Bolsa de Negativos

Como quase tudo na fotografia analógica, as coisas estão deixando de serem fabricadas e saindo das lojas. Antigamente, era comum no mercado pastas organizadora de negativos, mas hoje, já não é tão fácil encontrar. Na busca de algo além das pastas de papelão e elástico para armazenar meus negativos, desenhei com a minha tia, que arrasa na costura, uma bolsa para guardar meus filmes revelados.

A ideia original era fazer um tipo de bolsa que fosse dobrando entre cada negativo e ao final ficaria algo compacto como um estojo. Mas essa ideia foi logo descartada porque, com tantos negativos juntos, ao invés de dobras eles acabariam se curvando um sobre o outro. Sendo assim, desenhamos essas bolsas que aparecem nas fotos. O material usado é simples: tecido, botão, linha, forro sintético, uma tela de plástico rígido e botão.

Fiquei tão feliz com o resultado que pedi a minha tia um molde da bolsa para divulgar aqui no blog, mas ela disse que  não precisa, porque é muito simples, qualquer costureiro olha e sabe como é feito. A única dica que ela passou foi colocar uma borda de tecido ao lado direito tela para evitar que desgaste o material.

Não foi pensando no transporte foram feitas as alças, mas sim no armazenamento. Eu penduro essas bolsas em um cabide no meu armário de roupas, mas não sem antes vasculhar cada centímetro da madeira em busca de fungos. É importante deixar os negativos longe de altas temperaturas e umidade. 

Falhas no Sistema


Quando estávamos planejando a bolsa, eu pedi que fosse feito na parte externa um bolso para guardas os CDs com os negativos digitalizados. Ela disse que se fosse apenas um CD era possível, porém mais que isso iria deixar a bolsa pesada e rasga-la. Infelizmente no meu caso eram nove, um para cada negativo, já que digitalizo em 4800 dpi e isso ocupa quase todos os 700 MB de um CD.


Outro ponto negativo é que, apesar de simples, a bolsa é trabalhosa de fazer. As telas transparentes que armazenam cada negativo são duras e dá trabalho para costurar mesmo na máquina, além do mais, são muitas.

Mas...

Se você gostou e vai fazer uma igual, comprando um metro e meio de tecido, um metro de tela, um metro de forro e dois botões magnéticos não vai faltar material.

Outras fotos e outro modelo Aqui!


5 comentários:

  1. Ficou super maneiro, curti muito!
    Quero mandar fazer uma quando tiver mais negativos, porque tô no início da jornada. Hahaha

    ResponderExcluir
  2. Faz pra vender que eu compro!! =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leva as fotos em um costureiro que ele desenrola

      Excluir
  3. Seria ideal ter um bolso de tela para guardar sachês de sílica, uma vez que não se pode prever umidade em qualquer local. Seria bom pesquisar, também, tecidos que controlassem melhor a temperatura e uma outra dica importante: o ideal é que os negativos não fiquem envolvidos em plástico e, sim, em papéis de alcalinidade neutra, para evitar que eles colem no plástico. Eu usaria mais a bolsa para transportar negativos do que para armazenar porque, como a sabedoria da tia diz, a longo prazo, talvez não seja possível garantir que eles não vão ficar sem nenhum tipo de ondulação, mesmo dentro do plástico rígido. No mais, a bolsa é linda e eu fiquei doida para ter uma =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Da maneira que estão armazenados não vai ondular não. Sobre a sílica, nem tinha pensado nisso, mas dá pra colocar na bolsa sem que tenha um bolso.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...